Proposta dos integrantes da Cooperação Inter-religiosa pela Cultura de Paz e Sustentabilidade:

A terra e a lua
À,
11ª Conferência Produção Mais Limpa e Mudanças Climáticas – Governança para Sustentabilidade.
Proposta dos integrantes da Cooperação Inter-religiosa pela Cultura de Paz e Sustentabilidade:

Considerando a ampla mobilização de São Paulo para esta 11ª Conferência, que reúne autoridades e sociedade civil em prol da sustentabilidade da vida humana em todos os seus aspectos;
Considerando que um dos objetivos desta 11ª Conferência é dar nossa contribuição à Conferência Internacional Rio +20, fazendo ecoar, de vários lugares e posições, vozes dos que respeitam a vida e o planeta;
Considerando que há 20 anos, no Fórum Social realizado na Eco 92, começou a ser idealizada a Carta da Terra, e que contou com a contribuição dos povos, sendo formalizada pela UNESCO em 2000, tendo como núcleo o respeito à vida e como eixos a integridade ecológica, a democracia, justiça social e econômica e a cultura de paz e não violência;
Considerando que a 11ª Conferência é uma extraordinária oportunidade para que nossa voz e nossas profundas e sinceras intenções cheguem aos representantes das nações e à sociedade civil que estarão reunidos na Rio +20;
Considerando que o planeta é a nossa casa, é sagrada e todas nossas ações e intenções refletem em tudo que está à nossa volta, para despertarmos a consciência sobre o que cada um pode fazer individual e coletivamente para a preservação do planeta, para melhorar as condições internas e externas dos seres humanos, de forma a começar agora esse legado de paz, propomos:
 Que a Carta da Terra seja acolhida e definida pela Conferência Internacional de Meio Ambiente de 2012, Rio+20, como o código de ética planetário, para que seus valores e orientações sejam observados pelas Nações nas políticas e decisões nacionais e internacionais, e pelas Populações do Planeta, nos movimentos da sociedade civil;
 Que sejam acolhidos novos indicadores de riqueza dos povos, considerando a felicidade como riqueza fundamental, expressa na liberdade de crença, na equidade de acesso a oportunidades de provimento de necessidades e de desenvolvimento físico, mental e espiritual dos indivíduos e grupos, no convívio pacífico entre todos os membros da família humana, sem nenhum tipo de discriminação, e com todos os seres que compõem a comunidade da vida;
 Que todos os seres tenham respeitado o direito à vida, como fator de reconhecimento de sua identidade planetária e destino comum e interdependente.
As tradições religiosas e espirituais aqui presentes, unidas na diversidade e nos esforços para o bem comum, enxergamos o nosso planeta, os povos e cada um de nós como sagrados.
É o começo de uma grande transformação!

Sinceramente confiantes de que nosso apelo seja considerado e nossos desejos atendidos, agradecemos e despedimo-nos,
Cooperação Inter-religiosa para a Cultura de Paz e Sustentabilidade Instituições proponentes: Ablinc – Associação Brasileira de Liberdade Religiosa e Cidadania., Associação Palas Athena., B’rith do Brasil., Brahma Kumaris., Casa da Reconciliação – da Igreja Católica Romana., Casa das Religiões Unidas., Centro de Dharma da Paz – Templo de praticas e estudos do Budismo Tibetano., Fraternidade Espirito Santo., Federação Israelita Paulista., Fundação Bhaktivendata – Hinduísmo Gaudiya Vaishnava – Mov. Harekrishna., Fundação Lama Gangchen para a Cultura de Paz., Igreja Budista Risho Kossei-Kai do Brasil., Igreja Católica Liberal., Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias., Igreja da Unificação., Igreja Presbiteriana Independente., Instituto de Defesa das Tradições e Matrizes Afro Brasileira., Juventude Judaica Organizada – Federação Israelita de Liberdade Religiosa., Ramakrishna Vedanta Ashrama [induísmo]., Sociedade Teosófica no Brasil., Souesp – Superior Órgão de Umbanda de São Paulo., Tardö Ling – Centro de Desenvolvimento Humano Cultural e Filosófico., Umapaz – Universidade Aberta de Meio Ambiente e da Cultura de Paz., Unilux – Fórum Inter-Religioso Universalista., Unisoes – União da Sociedade Espiritualista., Unipaz – Universidade da Paz., URI – Iniciativa das Religiões Unidas., Wamy Assembléia Mundial da Juventude Islamica

“Seja a mudança que você quer ver no mundo”. Mahatma Gandhi
Queremos Paz! Juntos podemos!