Cultura de Paz por Lama Gangchen Rinpoche

tl41

Introdução à Cultura de Paz

Paz é muito mais do que ausência de guerra.  Atualmente, vivemos em meio a uma penetrante cultura da violência.  Passamos a ter um problema cultural por não mais podermos fazer uma distinção exata entre violência e não-violência.  De modo que precisamos nos perguntar: o que é violência? Violência se manifesta de muitas maneiras diferentes; há muitos níveis e graduações de violência, grosseira e sutil.  Violência não é somente a corrida armamentista, guerras, assassinatos e surras.  Há também violência emocional, violência social, violência familiar e violência interior.  A mídia e, mesmo nossos esportes e nosso entretenimento são recheados de violência.  Pensamentos violentos podem ser piores do que armas! Os gestos e expressões faciais de nosso dia a dia são violentos. Nosso toque é muito violento, nossa fala, pensamentos e relacionamentos são muito violentos.  Olhamos em todas as direções e vemos diferentes formas de violência; na televisão, nos jornais, no rádio, quando passeamos pela nossa cidade, em nossa família ou grupos de amigos.  Mesmo se vivemos sós, nossas mentes estão repletas de lutas e muitos diferentes conflitos.  Algumas dessas formas de violência podem nos parecer pequenas e insignificantes se comparadas com a guerra, mas, não tão pequenas que possamos ignorá-las.  Estamos principalmente familiarizados com a violência, não com a paz. Violência é como uma infecção virulenta que infectou a maioria das coisas no mundo.  Talvez não gostemos de ouvir isso, mas, necessitamos examinar nosso próprio comportamento para ver se isso é verdade.  Acabamos por esquecer a educação de paz interior que recebíamos nos tempos antigos.  Muitas de nossas grandes culturas antigas, tais como as da Grécia, Índia, China e Pérsia eram incrivelmente bonitas mas, estas e outras culturas no mundo estão obscurecidas devido à nossa aceitação da cultura da violência.

            Lama Gangchen Rinpoche

Budha da Paz Mundial